O que atrai compradores estrangeiros abastados para a Itália?

A Itália é um local tentador para muitos, mas especialmente para compradores estrangeiros ricos.

Compradores de luxo na Itália
Compradores de luxo na Itália / Getty Images
19 maio 2021, Redação

Cada vez mais profissionais abastados de países como Grã-Bretanha e Estados Unidos, mas também França e Alemanha, optam por comprar propriedades nas zonas mais bonitas de Itália. De acordo com o Financial Times, muitos são os aspetos que atraem este público-alvo para a Itália. Vamos descobrir, exatamente, o que atrai compradores estrangeiros abastados para a Itália.

Teletrabalho na Itália

Em primeiro lugar, nem é preciso dizer, a Itália é bonita por si mesma e, para estrangeiros ricos de certa sensibilidade, tem um encanto quase mitológico. Muitos bilionários sonham ter uma grande propriedade em Itália, mesmo que seja de interesse histórico, uma moradia no interior da Toscana ou mesmo uma vila medieval inteira. O estilo de vida italiano tem um apelo especial para este grupo de pessoas, que agora estão profissionalmente realizadas e financeiramente prósperas. Muitas vezes sonham com ele como o refúgio perfeito para os anos de reforma, mas também como um novo lugar para trabalhar se puderem fazê-lo de qualquer lugar do mundo, o que é cada vez mais possível devido à pandemia do coronavírus.

Benefícios fiscais para estrangeiros que compram uma casa em Itália

A Itália tem um regime tributário favorável para determinados estrangeiros (principalmente ricos) que decidam comprar ou arrendar uma casa em Itália. Inclui aqueles que podem pagar ao Tesouro uma quantia única de 100.000 euros por ano, protegendo-se assim de qualquer nova tributação. Este regime preferencial, combinado com o ponto anterior, inclina a balança a favor da Itália quando se trata de escolher o paraíso no exterior para um milionário estrangeiro.

Baixas taxas de juros sobre hipotecas em Itália

Quem preferir comprar (e muitas vezes renovar com intervenções muito caras) uma casa numa aldeia italiana, preservando o seu capital e hipotecando o imóvel, pode contar com juros hipotecários muito baixos, garantindo grande liquidez a custos de reembolso muito próximos de zero. Isto é muito útil para quem pretende continuar a investir capital noutras atividades lucrativas sem ter que transferi-lo para a compra de um imóvel.

Localização geográfica

Os profissionais consultados pelo Financial Times, Savills e Knight Frank notam um forte interesse dos estrangeiros abastados pelas áreas da Toscana, Ligúria, Sardenha e arredores dos lagos Lombard, em particular o Lago Como, escolhido pela sua proximidade de Milão e da Suíça .

O governo Draghi e a reavaliação dos investimentos imobiliários

De acordo com o jornal britânico, os estrangeiros mais ricos que compram uma casa em Itália não estão tão preocupados em receber uma renda com a nova compra, mas sim em não fazer um investimento que seja posteriormente desvalorizado. Desse ponto de vista, o governo Draghi deu um forte impulso à credibilidade do mercado imobiliário aos olhos dos estrangeiros: os subsídios para reforma e o impulso do governo para investimentos em redesenvolvimento estrutural são garantias reais que indicam que nos próximos dez anos o investimento imobiliário em Itália pode ser reavaliado.

Artigo visto em
Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Encontra casas à venda e em arrendamento a largo prazo no idealista