As cidades mais "amigas das bicicletas" de Itália

As melhores cidades para ciclistas em Itália
As melhores cidades para ciclistas em Itália / Foto de Aliya Izumi em Unsplash
1 março 2021, Redação

A Federação Italiana para o Ambiente e Ciclismo (La Federazione Italiana Ambiente e Bicicletta) atribuiu 51 bandeiras amarelas, em 2021, em reconhecimento das cidades mais "amigas das bicicletas" em Itália. Vejamos quais são as cidades e municípios italianos que fazem parte desta lista.

Esta iniciativa para encontrar e premiar as melhores cidades italianas para ciclismo envolveu mais de 140 municípios italianos (que com quase 9,5 milhões de habitantes representam 15,64% da população italiana), e a edição deste ano foi também patrocinada pelo Ministério das Infraestruturas e Transportes e pelo Ministério do Ambiente em Itália. O prémio FIAB-ComuniCiclabili dá às localidades e aos seus territórios uma pontuação de 1 a 5, atribuída com base em vários parâmetros e representada por "sorrisos de bicicleta" na bandeira.

Bolzano
Bolzano / Josef Tinkhauser, Wikimedia Commons

Para se qualificar para o prémio, o município deve cumprir pelo menos 1 requisito em 3 das 4 áreas de avaliação:

  • "mobilidade urbana" (ciclismo urbano/infraestrutura e moderação do tráfego e da velocidade);
  • "governação" (políticas e serviços de mobilidade urbana);
  • "comunicação e promoção";
  • "turismo ciclístico".

Alessandro Tursi, o presidente da FIAB acrescenta que "a pandemia desencadeou a revolução ciclística de que o nosso país estava à espera. A saúde tornou-se uma prioridade e o ciclismo torna a vida quotidiana saudável, além de permitir também o distanciamento social, que é indispensável enquanto a pandemia durar".

Ferrara
Ferrara / Ввласенко, CC BY-SA 3.0

Tursi continua a afirmar que "a nível institucional está também a ser dada uma atenção sem precedentes à questão da mobilidade e ao desenvolvimento do ciclismo urbano, tal como demonstrado pelo bónus de bicicleta de Itália e pela nova regulamentação aprovada nos últimos meses. A introdução de ciclovias no Código da Estrada, mais ciclovias em Itália, áreas avançadas para bicicletas nos semáforos, bicicletas de duas vias e estradas escolares aproximam-nos finalmente dos países europeus mais virtuosos quando se trata de viajar de bicicleta".

Turin
Turin / Livioandronico2013, CC BY-SA 3.0

ComuniCiclabili FIAB acompanha as autoridades locais quando se trata de adotar políticas a favor da mobilidade de bicicleta em Itália, avaliando e melhorando o que já foi feito. Hoje, mais do que nunca, são também encorajados no sentido de fazerem ainda melhor, tendo em conta a mudança objetiva em curso que vê a bicicleta como protagonista da combinação da recuperação económica e da transformação verde.

Trento
Trento / Franco Visintainer, CC BY-SA 3.0

As 5 novas entradas na rede ComuniCiclabili, e que, portanto, estão entre as cidades italianas mais amigas da bicicleta em 2021, são:

  • Ancona: 1 "sorriso de bicicleta"
  • Camisano Vicentino: 3 "sorrisos de bicicleta"
  • Civitanova Marche: 2 "sorrisos de bicicleta"
  • Francavilla Fontana: 1 "sorriso de bicicleta"
  • Sassoferrato: 1 "sorriso de bicicleta"

Entre os 46 outros municípios já na rede que renovaram a sua presença na ComuniCiclabili como as melhores cidades ciclistas em 2021, destacam-se 13 cidades: Turim, Trento, Arezzo, Bergamo, Bolzano, Ferrara, Grosseto, Parma, Pesaro, Piacenza, Pisa e Verona.

Verona
Verona / Jakub Hałun, CC BY-SA 4.0

Foi também feita uma menção especial a 3 das cidades da lista de 2021 que melhoraram a sua pontuação em relação ao ano passado: Verona, Desio e Turim provaram ser verdadeiros protagonistas da "revolução da bicicleta" em curso em Itália. Turim, em particular, passou de 2 a 3 ciclovias e aplicou novas regras sobre ciclovias e espaços de semáforo avançados para os ciclistas.

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Encontra casas à venda e em arrendamento a largo prazo no idealista