Pesquisas online de imóveis em Itália durante a COVID-19

Foto de Christin Hume em Unsplash
Foto de Christin Hume em Unsplash
9 julho 2020, Redação

Permanecer em casa durante a pandemia do coronavírus deu aos residentes em Itália muito mais tempo livre, incluindo mais tempo para pesquisar na Internet. De acordo com uma pesquisa recente da Microsoft Advertising, que monitorizou as tendências de pesquisa no Bing, a pesquisa imobiliária representou uma parte significativa do interesse em Itália.

Em geral, os residentes italianos efectuaram 67% mais pesquisas online do que o habitual durante o confinamento, em particular relacionadas com eletrónica (TVs, tablets, smartphones e computadores), que cresceram 123%. Verificou-se também um aumento de 60% nas pesquisas na área editorial, de notícias e de despesas online, bem como 51% em formação online.

Contudo, muito do tempo online dos italianos foi também dedicado à procura e compreensão de como melhorar as suas casas. A investigação sobre produtos de jardim e mobiliário aumentou em 900%, enquanto que a investigação sobre novos eletrodomésticos registou um crescimento de 66%.

O setor imobiliário sofreu uma queda na atividade e nas pesquisas online no início do confinamento em Itália. No entanto, a Microsoft observa que entre abril e maio, as pesquisas nesta área aumentaram, com vista a um regresso à normalidade ou a uma possível futura modificação dos imóveis, com cada vez mais residentes a explorar as opções de viver numa zona com mais espaço ou com um jardim. Nas primeiras duas semanas de maio, as pesquisas aumentaram 40%, em relação aos tempos mais rigorosos do período de confinamento, tal como as pesquisas relacionadas com o acesso ao crédito habitação e hipotecas, que aumentaram 25%.

"Os últimos meses têm sido particularmente complexos em Itália, mas conseguimos adaptar-nos informando-nos online, comprando os produtos que precisamos para estudar e trabalhar em casa e aproveitar o nosso tempo livre para aprender algo e tornar o espaço em que vivemos mais acolhedor", comentou Francesca Romagnoli, Diretora de Conta Sénior da Microsoft Advertising. "Mas a pandemia trouxe também o desejo de mudar algumas coisas nas nossas vidas: 26% dos italianos declaram querer viver de uma forma mais sustentável, 20% gostariam de encontrar um novo emprego e 15% gostariam de mudar de casa".

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Encontra casas à venda e em arrendamento a largo prazo no idealista