Um guia para o arrendamento de férias em Itália este verão 2020

Gtres
Gtres
15 julho 2020, Redação

O verão da COVID-19 é o verão do boom das casas de férias em Itália. De acordo com os peritos imobiliários de Tecnocasa, neste momento nas estâncias balneares italianas, os compradores querem fechar rapidamente as negociações da sua nova casa de férias para que possam desfrutar da propriedade durante o verão. E mesmo aqueles que normalmente arrendam a sua casa de férias a outros, estão a optar por utilizar a propriedade pessoalmente este verão. Vejamos as tendências atuais do mercado e os preços médios de arrendamento das casas de férias na costa italiana este verão.

Tendências no mercado doméstico de férias em Itália

Aqueles que compraram uma casa de férias em Itália como fonte de rendimentos, este ano poderão contar principalmente com o turismo interno e por um período de tempo mais longo. Aqueles que procuram arrendar uma casa de férias em Itália este verão, por outro lado, querem lá passar períodos mais longos, mais do que as duas semanas tradicionais, a duração média das férias noutros anos.

Em geral, os rendimentos de arrendamento variam de acordo com os preços das casas mais baratas no sul de Itália ou em locais menos conhecidos ou menos procurados. Os preços de arrendamento podem também variar de acordo com a forma como a casa está mobilada e equipada. Olhando para as zonas costeiras em Itália, os preços de arrendamento parecem inalterados neste momento, mas falta entender como evoluirá a quantidade de casas de férias em oferta este verão. A procura de casas de férias para arrendar durante o período do verão de 2020 aumentou, especialmente como resultado de uma maior clareza sobre as disposições relativas à mobilidade entre regiões e as medidas para respeitar o distanciamento social em Itália.

Arrendamento de verão em estâncias balneares

Em Sardenha, as reservas parecem confirmar-se para o período de julho e agosto. Notícias semelhantes estão também a chegar de Ligúria, Veneto e Emília-Romanha, onde, em vários destinos, a maioria dos turistas parece ter confirmado o seu arrendamento de férias para estes dois meses. Em geral, muitos proprietários estão também à espera de reservas de última hora, e também de um fluxo constante de hóspedes, dado que muitos italianos optarão por passar férias em Itália em vez de viajar para o estrangeiro, e devido ao fato de as fronteiras italianas se encontrarem agora abertas também a uma série de visitantes estrangeiros.

Preços médios de arrendamento de casas de férias em Itália, verão 2020

Portofino / Gtres
Portofino / Gtres

Os seguintes valores referem-se a um apartamento de dois quartos com capacidade para até quatro pessoas (preços por mês).

Ligúria

  • Província de Savona: No município de Celle Ligure, num apartamento de dois quartos, podes esperar gastar 1.500 euros em julho e 1.700 euros em agosto. Em Varazze, custará cerca de 1.800 euros em julho e 2.000 euros em agosto.
  • Província de Imperia: Em Bordighera, podem esperar-se mensalidades de 1100-1200 euros em julho e de 1.500-1.600 euros em agosto. A Diano Marina tem preços de 1.600 euros em julho e 2.000 euros em agosto. O mercado de arrendamento mensal de verão em San Lorenzo al Mare tem preços de 2.400 euros em julho, 2.800 euros em agosto e 1.500 euros em setembro.
Emília-Romanha / Gtres
Emília-Romanha / Gtres

Emília-Romanha

  • Província de Forlì-Cesena: Em San Mauro Mare, para um apartamento de dois quartos, os preços em julho atingem 1.700-1.800 euros por mês e em agosto 2.000-2.200 euros.

Veneto

  • Se planeias ir a Jesolo, um apartamento de dois quartos, com capacidade para quatro pessoas, custa cerca de 2.500 euros por mês em agosto e 1.200-1.500 euros em julho.

Lácio

  • Em Gaeta, podes esperar gastar 1.500-1.600 euros numa casa de férias em julho e 2.500 euros em agosto.
Amalfi Coast / Gtres
Amalfi Coast / Gtres

Campânia

  • Província de Nápoles: Em Ísquia, um apartamento de dois quartos com 4 camas pode ser arrendado por 3.000 euros em agosto (dependendo da presença ou ausência de espaços exteriores e jardins) e entre 2.000 e 2.500 euros em julho.
  • Província de Salerno: Em Castellabate existem principalmente arrendamentos semanais disponíveis, mas para os arrendamentos mensais de casas de férias, pode-se estimar o seguinte: preço médio em torno de 1.600-2.000 euros em julho e 2.600-3.000 euros em agosto.
San Vito Lo Capo / Gtres
San Vito Lo Capo / Gtres

Sicília

  • Nesta área, existe uma procura muito elevada de arrendamentos turísticos. Na área de Castellammare del Golfo, para um apartamento de dois quartos, os preços médios por semana rondam os 600 euros em julho, 700-800 euros em agosto e 600-700 euros em setembro.

 

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Encontra casas à venda e em arrendamento a largo prazo no idealista