Como funciona um crédito habitação e tudo o que deves saber antes de o solicitar

Tudo o que deves saber sobre crédito habitação / Gtres
Tudo o que deves saber sobre crédito habitação / Gtres
8 abril 2019, Redação

Ao conseguir um crédito habitação, é muito importante considerar cuidadosamente todas as opções e saber exatamente como funciona todo o processo. Vejamos algumas das perguntas que deves fazer antes de tomar a decisão final, conforme descrito pelo guia do Banco de Itália sobre crédito habitação “Comprare casa - Il mutuo in parole semplici”.

O básico: o que é um crédito habitação?

Primeiro de tudo, deves saber, claramente, que um crédito habitação é um empréstimo a médio/longo prazo, que geralmente dura entre 5 e 30 anos. Normalmente, o cliente recebe o valor total numa única quantia e paga, ao longo do tempo, prestações mensais, que são iguais todos os meses ou que podem variar de acordo com as taxas de mercado. Este tipo de crédito é utilizado para comprar, construir ou reabilitar um imóvel, geralmente uma casa ou apartamento.

Perguntas que deves fazer antes de pedir um crédito habitação

Posso pedir um crédito habitação?

Qualquer pessoa pode solicitar um crédito habitação, desde que prove que pode pagar o montante emprestado ao longo do tempo. Por esse motivo, o banco ou a sociedade de empréstimos terá que avaliar sua capacidade de crédito, ou seja, avaliar se serás capaz de pagar o empréstimo.

Quanto posso pedir?

Em geral, a quantidade de dinheiro dada por um credor baseia-se no valor do imóvel que desejamos comprar. De forma geral, o crédito corresponde a cerca de 80% do valor do imóvel, estabelecido com base no relatório de um especialista independente, assim como na sua avaliação de crédito.

Às vezes, os bancos podem conceder empréstimos de mais de 80% do valor do imóvel, exigindo, nesses casos, mais garantias de segurança e aplicando condições menos favoráveis para o cliente.

Quanto posso pagar mensalmente?

Antes de solicitar um crédito habitação, deves avaliar cuidadosamente os teus rendimentos (especialmente os rendimentos que esperas ter no futuro) e determinar quanto podes pagar mensalmente, após deduzir as tuas despesas habituais. Como regra geral, os teus pagamentos do empréstimo não devem exceder um terço do teu rendimento disponível, e a maioria dos especialistas recomenda reservar 28% dos teus rendimentos mensais para o pagamento do empréstimo. Desta forma, poderás atender às tuas despesas correntes, imprevistos que possam surgir no futuro e lidar com possíveis reduções de redimento causadas, por exemplo, por doença, acidente ou desemprego.

Quanto custa um crédito habitação?

O principal componente do custo são os juros, que são a remuneração pelo empréstimo concedido e que também dependem da duração do empréstimo. Além dos juros, existem outros custos, os quais estão indicados na Folha de Informações Gerais, que se obtém juntamente com o crédito habitação e que explica as principais caraterísticas do produto oferecido; podes consegui-la através do credor ou do site do mesmo. Além disso, existem honorários e impostos que devem ser considerados no planeamento das despesas, mas que só são pagos uma vez quando o contrato para a compra da casa é assinado.

Qual é duração do contrato de empréstimo que melhor me convém?

A duração do empréstimo, acordada entre o cliente e o intermediário e definida no contrato, é um dos principais aspetos que determinam o valor das prestações mensais do crédito habitação. A prestação consiste no valor principal acrescido de juros.

Para um mesmo montante de financiamento e taxa de juros, quanto menor o prazo, maiores as prestações, mas menor o valor devido pelos juros; quanto maior o prazo, maior o valor devido por juros, mas menor a prestação mensal.

Aqui tens um exemplo:

Pedimos um empréstimo de 150 mil euros, com uma taxa fixa de 2,1%. Se a duração for de 20 anos, a prestação mensal será de 766 euros e o total de juros pagos de 34 mil euros. Se a duração for de 40 anos, a prestação mensal é inferior (462 euros), mas o total de juros pagos é superior (72 mil euros).

Isto só demonstra que deves fazer todas as somas com muito cuidado e avaliar todas as opções antes de apressar qualquer negócio de crédito habitação. Também podes calcular quanto seriam os teus pagamentos de empréstimo com a calculadora de crédito habitação do idealista.

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Encontra casas à venda e em arrendamento a largo prazo no idealista