Arrendamento de imóveis em Itália: apoio ao arrendamento prorrogado para 2021

Fundos de apoio ao arrendamento em Itália
Gtres
22 dezembro 2020, Redação

Há boas notícias para aqueles que arrendam imóveis em Itália, uma vez que as medidas de apoio ao arrendamento que foram introduzidas durante o auge da pandemia COVID-19 estão a ser prolongadas para 2021 e mais além. Entre as medidas anunciadas pelo Ministério das Infra-estruturas e Transportes (MIT) para a Lei Orçamental de 2021 em Itália, está também prevista uma intervenção no domínio das políticas habitacionais.

Em particular, o Fundo de Apoio ao Arrendamento para famílias de baixos rendimentos que vivem em habitações arrendadas em Itália está a ser refinanciado. Tal como referido no documento do MIT, o reforço do Fundo Nacional de apoio ao acesso à habitação arrendada para os residentes em Itália deverá atingir 160 milhões de euros em 2021 e 180 milhões em 2022.

Em outubro passado, o decreto proposto pela Ministra das Infra-estruturas e Transportes, Paola De Micheli, para aumentar o fundo de ajuda ao arrendamento em Itália, recebeu luz verde. Foram reservados 140 milhões de euros adicionais para famílias de baixos rendimentos que vivem em alojamentos arrendados e 20 milhões para estudantes que foram forçados a viver em locais diferentes da propriedade arrendada devido à pandemia do coronavírus.

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Encontra casas à venda e em arrendamento a largo prazo no idealista