Casas à venda por 1 euro em Itália em 2021

As casas à venda por 1 euro em Itália estão a atrair a atenção de muitas pessoas em todo o mundo e estão a reavivar as aldeias abandonadas de Itália.

1eurohouses.jpeg
Troina é uma das aldeias italianas que oferece casas por 1 euro em 2021 / Wikimedia Commons
22 junho 2021, Emma Donaldson

As casas à venda por 1 euro em Itália continuam a ser notícia em todo o mundo e estão a tornar-se uma opção cada vez mais popular tanto para compradores como para vendedores. Mas, antes de avançarmos, o que é o programa de casas a 1 euro em Itália? Este sistema, que pode ser encontrado em municípios por todo o país, apresenta geralmente imóveis que necessitam de um novo proprietário e de reabilitação. Estes imóveis são vendidos pelo preço simbólico de 1 euro, com o compromisso de repovoar a área e reconstruir a comunidade local. A sua crescente popularidade parece sugerir que estes projetos de casas à venda por 1 euro ("case 1 euro" em italiano) são um sucesso, atraindo a atenção de muitas pessoas em todo o mundo e trazendo de volta a vida às aldeias abandonadas de Itália. Quando se trata de casas à venda por 1 euro em Itália em 2021, temos os detalhes de uma seleção de imóveis com estas características à venda este ano.

Que cidades em Itália estão a vender casas por 1 euro em 2021?

Delia, Sicília

Delia é uma das muitas cidades de Sicília a oferecer casas à venda por 1 euro. Localizada na província de Caltanissetta, a aldeia italiana de Delia tem sido cada vez mais afetada pelo despovoamento e pelo abandono de imóveis e, segundo o Presidente da Câmara, o objetivo da iniciativa lançada pela administração é "recuperar e valorizar o património imobiliário existente", da cidade, ao mesmo tempo que se concentra na "revitalização do centro histórico e no favorecimento de novos povoados residenciais, atividades de alojamento turístico, lojas ou oficinas de artesanato".

Troina, Sicília

Troina, também localizada em Sicília, é uma aldeia medieval e o seu centro histórico tem sofrido abandono e despovoamento nas últimas décadas. Esta é a principal razão da sua participação no projeto de casas por 1 euro, que está a ganhar particular interesse no estrangeiro. O Presidente da Câmara da aldeia, Sebastiano Venezia, declarou numa entrevista que tem havido interesse de "muitos americanos e britânicos, mas também de russos, franceses e alemães". Houve também muitos pedidos desde da América Latina, do Japão e do Médio Oriente".

Oyace, Aosta

Para além de Sicília, também é possível encontrar casas por 1 euro no norte de Itália. Oyace, localizado no Vale de Aosta, tem apenas 212 habitantes e, para além de querer repovoar o centro histórico da cidade, o conselho local também quer ajudar os proprietários de imóveis abandonados na cidade. O Presidente da Câmara de Oyace declarou que "um imóvel abandonado, em muitos casos, não é seguro e os proprietários vêem-no quase sempre como um fardo e um desperdício de dinheiro, razão pela qual não intervêm para reabilitar a propriedade ou torná-la segura". Como resultado, o Presidente da Câmara quer ajudar estes proprietários através da venda de casas por 1 euro.

Sassari, Sardenha

Este projeto de casas à venda por 1 euro na cidade de Sassari, na ilha da Sardenha, está na fase inicial e visa dar nova vida ao centro histórico da cidade, devido ao fato de esta zona albergar um número crescente de casas degradadas e abandonadas. Como em muitos casos, quem compra uma casa de 1 euro nesta cidade tem de reabilitar a propriedade, num período de 3 anos.

Pietramelara, Campânia

O conselho local da cidade de Pietramelara, na Campânia, decidiu também lançar um projeto de casas por 1 euro, neste caso com o objetivo de atrair compradores que estejam prontos a investir na zona. Este esquema favorece especialmente quaisquer atividades empresariais que possam trazer nova vida à aldeia, coisas como alojamentos turísticos ou restaurantes. O Presidente da Câmara local destaca o potencial turístico desta encantadora aldeia como algo que poderia fazer com que este projeto seja um êxito em Pietramelara.

Laurenzana, Basilicata 

Na mesma lista, segue-se a aldeia de Laurenzana, em Basilicata, que escolheu participar no projeto casa por 1 euro, concentrando-se especialmente na sua cidade velha. Tal como nas aldeias de Oyace e Pietramelara, o conselho local quer atrair nova vida para o centro histórico da aldeia e não há restrições à utilização das propriedades uma vez vendidas. Há entre 30 e 40 imóveis disponíveis e as aplicações da cidade já foram inundadas, tanto de Itália como do estrangeiro. 

Maenza, Lazio

Maenza é uma aldeia medieval em Lazio que também se juntou ao projeto de casas por 1 euro com o objetivo de recuperar casas abandonadas no centro histórico e repovoar esta zona. Alguns dos edifícios não são seguros e exigirão muito trabalho, algo que o presidente da câmara quer retificar, e a melhor solução neste caso é vender casas por 1 euro. O presidente da câmara destaca a elevada qualidade de vida na aldeia e que esta é uma "cidade medieval muito acolhedora, onde há muitas iniciativas tanto no Verão como no Inverno".

Salemi, Sicília

Outra aldeia na região italiana da Sicília que oferece casas por 1 euro é Salemi, que tem um total de 36 propriedades à venda. O critério para comprar uma destas casas por 1 euro em Salemi inclui a responsabilidade de renovar a propriedade num período de 3 anos, e além de serem utilizadas como casas, estes imóveis degradados também podem ser comprados para atividades económicas e alojamento.

Castiglione, Sicília

Ainda na Sicília, a próxima aldeia que oferece casas por 1 euro é Castiglione, uma bonita aldeia com vista para o vale de Alcântara. O que é diferente em Castiglione em comparação com outras aldeias é o facto de a autarquia local não estar apenas a promover 1 iniciativa, mas sim 3. Estas iniciativas incluem as clássicas casas por 1 euro, bem como outros imóveis em melhores condições com um preço mais elevado de cerca de 2.000 euros. A terceira iniciativa é ligeiramente diferente e envolve a expropriação de uma seleção de pequenas casas e a alteração da sua utilização, a fim de as transformar e melhorar todos os aspetos da cidade.

Cammarata, Sicília

O projecto de casas por 1 euro em Cammarata, também na Sicília, é outro projeto único em comparação com os já mencionados. O conselho local está a trabalhar com uma associação de jovens profissionais que se comprometeram a salvaguardar o centro histórico da sua cidade natal. O projeto já foi apresentado na CNN e está a atrair a atenção internacional, enquanto as pessoas são especialmente atraídas por este projeto particular devido ao facto de os jovens envolvidos planearem ajudar os compradores ao longo de todo o processo, incluindo os trabalhos de renovação. 

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Encontra casas à venda e em arrendamento a largo prazo no idealista