"Only properties with certain characteristics are suitable for short-term rental"

"Só alguns imóveis, com determinadas caraterísticas, são aptos para o arrendamento de curta duração”
"Só alguns imóveis, com determinadas caraterísticas, são aptos para o arrendamento de curta duração”
18 junho 2018, Redação

Nem todas as propriedades são adequadas para um arrendamento de curta duração, só as que cumprem determinada caraterísticas. Isto foi explicado por Francesco Zorgno, diretor geral de Clean BnB, que falou durante o Immonext 2018 sobre as vantagens, mas também sobre os problemas, que oferecem os alquileres de menos de 30 dias em comparação com os arrendamentos de larga duração. Também explicou que estes arrendamentos podem ser um motor para o mercado de compra e venda.

 “Clean BnB” – disse Zorgno – “é responsável pela gestão de arrendamentos de curta duração, sendo que estes são qualquer arrendamento que não supera os 30 dias”. E enfatizou “Gostaria de desmistificar alguns aspetos sobre os arrendamentos de curta duração: estes não são necessariamente vantajosos, são convenientes em alguns casos mas, na maioria dos casos não o são; são convenientes se existe uma série de circunstâncias que estão relacionadas com as condições do imóvel, a sua localização e com a disponibilidade que o proprietário quer ter; desta forma, pode existir algum lucro, mas não muito”.

Zorgno explicou depois: "Trabalhamos em imóveis que, sem nós, estariam vazios. Quem é o principal competidor de Clean Bnb ou de um administrador de imóveis? É o arrendamento de larga duração, que é muito mais simples, mais cómodo e que custa menos. Objetivamente, somos um custo que se soma aos gastos de serviços públicos e ao condomínio, a cargo do proprietário. Para justificar a nossa presença deve existir um valor diferencial. Hoje, de 100 oportunidades 15/20 são adequadas, o que também depende um pouco das cidades”.

Qual é a vantagem do arrendamento de curta duração?

Zorgno explicou que a vantagem económica é possível se a propriedade é acolhedora, se oferece estadias de vários dias e pode acomodar um núcleo de duas, quatro ou seis pessoas. “O fluxo turístico é muito importante mas, não é maioritário. Existem viagens de negócios com fins de estudo (seminaristas, professores...), viagens familiares (estadias de saúde). Existe também outro aspeto que é o serviço adicionado à propriedade. O nível de serviço oferecido, em alguns casos, valoriza o imóvel.

Porque razão se opta pelo arrendamento de curta duração?

O diretor geral de Clean BnB disse: “Existem fatores que não são económicos e que para muitos proprietários valem mais que os económicos. Por exemplo, o risco de morosidade é nulo; um administrador mantém o imóvel e, inclusivamente, a manutenção extraordinária que normalmente é suportada pelo proprietário é realizada pelo administrador; existe disponibilidade para o proprietário, não é um compromisso a largo prazo e o imóvel está disponível durante o tempo de duração do contrato de administração que, geralmente, dura 12 meses. Isto é especialmente importante para comprar e vender: se hoje não é um bom momento para vender, mas é bom momento para comprar, talvez se invertam os cenários dentro de um ano; desta forma, obtemos rendimentos da propriedade durante 12 meses, voltando depois a estar disponível. Os fatores económicos são muito importantes”.

Onde está a oportunidade relacionada com a compra e venda?

“Qualquer agência imobiliária” explicou Zorgno “tem, na sua carteira de imóveis, propriedades que se compram e vendem bem, outras que se arrendam bem a largo prazo mas, também tem essas 10/15 propriedades que estão bloqueadas. Para este segmento de imóveis, uma parte muito pequena da carteira, está em arrendamento de curta duração, que é uma alternativa, não necessariamente melhor que comprar, vender ou que um arrendamento de larga duração”.

Acrescentou: “O arrendamento de curta duração está a ter esse papel que o arrendamento de larga duração não poderia ter tido: um imóvel arrendado durante menos tempo, que tem um contrato e não tem nenhum risco particular e pode ser interrompido em qualquer momento, tem um valor objetivo para o mercado imobiliário. O arrendamento de curta duração já não é uma desvantagem, mas sim uma vantagem para a compra e venda”.

Zorgno explicou: “Primeiro em Milão, mas agora também noutras cidades como Roma, Turim, Florença, vemos um fluxo muito significativo de solicitações numa fase de pesquisa de imóveis para serem utilizadas no arrendamento de curta duração. Um dado muito interessante.”

E concluiu dizendo: “No mundo dos arrendamentos de curta duração existe uma diferença entre uma classe de imóveis média-alta, com casas bonitas, bem cuidadas, bem geridas e não importa se são novas ou renovadas mas, certamente, mais acolhedoras, comercializáveis e com melhor preço. Esta gama, que se vende mais ou menos pelo mesmo preço que as noites de hotel, é a mais significativa e a que tende a permanecer no mercado. Tudo o que está debaixo de um certo limite sai à luz. Por isso, devemos pensar seriamente no arrendamento de curta duração como uma forma de alimentar as oportunidades de compra e venda, como uma grande oportunidade, não só para os proprietários como também para os profissionais do setor imobiliário. É uma novidade que talvez já não seja tão nova, mas que deve ser trabalhada de forma estruturada”.

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Encontra casas à venda e em arrendamento a largo prazo no idealista