Quanto custa manter uma casa em Itália?

Running costs Gtres.jpg
Custos de manutenção de um imóvel em Itália
8 junho 2018,

Já sabes onde queres comprar imóveis em Itália e qual o preço médio da casa, mas desconheces o custo contínuo de manutenção do imóvel? Quando compras uma casa em Itália, deves saber quais despesas recorrentes devem pagar, sem incluir as óbvias, como contas de eletricidade, água e internet.

Impostos do imóvel

  • Imposta Municipale (IMU): só tens de pagar este imposto italiano se a tua casa não é a tua residência habitual, mas sim uma segunda residência. Calcula-se sobre um 7,6% do valor cadastral da propriedade mas, dependendo da região em que vives, este valor pode ser mais baixo. Na realidade, existem formas de reduzir o valor deste imposto, como por exemplo, deixar o imóvel em nome dos filhos, pais ou ex-conjugue, sendo que neste caso pagarias metade do imposto; e, se arrendas o imóvel, também consegues um desconto de 25% sobre o valor total. Para pagar deves preencher o Módulo F24 e fazer uma transferência bancária ou um pagamento numa agência de correios italiana. Pagarás duas prestações deste imposto: um primeiro pagamento antes de 16 de junho e um segundo antes de 16 de dezembro, de cada ano.
  • Tassa sui Servizi Indivisibili (Tassi): este é um imposto do Estado que se baseia no pagamento de serviços públicos, como a iluminação das ruas ou a manutenção das estradas, mas que só se aplica se a tua casa em Itália é a tua residência habitual. Se a arrendas a longo prazo,  tens de pagar entre 70% e 90% do valor, sendo que o restante é pago pelo inquilino. No entanto, se optares por arrendamentos de curta duração, como o arrendamento turístico, passas a ser o responsável pelo pagamento da totalidade do imposto. Corresponde a 1% a 3,3% do valor cadastral do imóvel, dependendo do município no qual te encontras. Podes amortizá-lo com um único pagamento até 16 de junho ou dois pagamentos (um a 16 de junho e outro a 16 de dezembro).
  • Tassa sui Rifuiti (TARI): este é o imposto aplicado à recolha do lixo, pago por todos os proprietários de imóveis, sem exceção. Está composto por duas partes: uma fixa, em base à área de superfície útil da propriedade, e uma variável, baseada no número de pessoas residentes. Tem também em conta que cada região italiana pode aplicar fatores que fazem variar este cálculo e, por isso, é difícil prever quanto e quando terás de pagar.

Outras despesas

  • Seguro da casa: tanto em Itália, como em qualquer outro país, recomendamos que contrates um seguro da casa. As taxas aplicadas pelas seguradoras italianas variam entre cerca de 180 euros e 380 euros anuais, dependendo das caraterísticas do imóvel.
  • Administrador – Se tudo isto te parece bastante confuso, especialmente tendo em conta que o tens fazer em italiano, podes contratar um administrador que se encarregará de organizar todos os pagamentos e burocracia por ti. Por 100 a 150 euros por ano, podes relaxar-te na tua nova casa e deixar que outros se preocupem por ti.
Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Preparado para encontrar a casa dos teus sonhos?

Encontra casas à venda e em arrendamento a largo prazo no idealista